A 21 de maio de 2021, enquanto ainda decorriam os trabalhos no cruzamento da Doca do Bom Sucesso, os Vizinhos de Belém remeteram um levantamento das inconformidades na obra à Direção Municipal de Mobilidade, na pessoa da Sr.ª Diretora Municipal.

Dos defeitos identificados, destacava-se o problema com as botoneiras sonoras dos semáforos, indispensáveis para que cegos possam realizar a travessia em segurança. Infelizmente, devido à sua montagem defeituosa, estas botoneiras estão constantemente a tocar, independentemente de estar verde ou vermelhoinduzindo a travessias inseguras.

Vídeo do som ininterrupto das botoneiras.

Vídeo do som ininterrupto das botoneiras.

Existem também sinais verticais virados ao contrário, escondidos atrás de semáforos e até irrelevantes/desnecessários à luz do disposto no Regulamento de Sinalização e Trânsito.

Sinal vertical virado de costas para a paragem.

Sinal vertical virado de costas para a paragem.

Sinal vertical escondido atrás do semáforo e do lado errado da via.

Sinal vertical escondido atrás do semáforo e do lado errado da via.

Sinais verticais desnecessários escondidos atrás do semáforo.

Sinais verticais desnecessários escondidos atrás do semáforo.

Em resposta ao nosso levantamento, num e-mail enviado a 11 de janeiro de 2022, quase um ano após mais de uma dezena de insistências, a Direção Municipal de Mobilidade recusa qualquer defeito:

Auscultada a EMEL sobre reclamações relativamente a esta ciclovia, bem como consultada a base de dados de ocorrências da DMM, verifica-se que esta questão somente é reportada pelos vizinhos de Belém, pelo que solicitámos a avaliação da questão, após a qual verificou-se que, quer os tempos dos semáforos, quer as botoneiras, encontram-se a funcionar de acordo com os pressupostos definidos pela equipa do Plano de Acessibilidade Pedonal da CML.

Além do desprezo pelo levantamento detalhado que foi enviado, a Direção Municipal de Mobilidade não foi capaz de reproduzir o vídeo que lhe foi remetido pelos cidadãos, nem de ativar a garantia de obra, evitando despesas futuras para o erário público.

Foi feita uma nova insistência, à qual terão de responder no prazo máximo de 10 dias úteis.

Relembramos o resumo do levantamento inicial:

Espero que se encontrem bem e com saúde. Tendo sido informados de que a empreitada EMEL do CP 24/2020, com Projeto de Arquitetura da DEPM e Projeto de SLAT do projetista externo Eng.º José Mendes dos Reis, foi dada como concluída, vimos por este meio alertar-vos para as seguintes irregularidades detetadas.

IRREGULARIDADES MENORES:

IRREGULARIDADES QUE PRECISAM DE SER REVISTAS URGENTEMENTE:

A propósito do som que as botoneiras emitem, seria importante perceber se é mesmo suposto que fiquem em silêncio quando fica verde ou se seria suposto emitirem um som em ritmo mais acelerado como sucede no Reino Unido, por exemplo. Na Alexandre Herculano, as botoneiras ficam em silêncio quando é para avançar e tocam quando é para parar.

Anexos: Projeto de Execução SV e SH; Características dimensionais da marca M14 fixadas no RST; Fotografias da M14 recreativa e imaginativa da Armando Cunha; Vídeo das botoneiras sempre a emitir som; Fotografia sinais H7 e H7a; Fotografia sinal H20a.